Visão geral

Histórico
A Floresta da Comunhão foi idealizada pela primeira vez no final de 2019, quando o Grupo de Preparação para a Conferência de Lambeth pediu ideias para um legado duradouro da próxima Conferência. Um grupo comprometido com a defesa e Proteção do Meio Ambiente da Comunhão Anglicana, incluindo “Eco-Bispas/as”, a Rede Ambiental da Comunhão Anglicana (ACEN), Christian Aid, o Escritório da Comunhão Anglicana nas Nações Unidas (ACOUN) e a Aliança Anglicana sugeriram uma “Floresta Lambeth”. Essa sugestão formou a base para a iniciativa Floresta da Comunhão que temos hoje. A Floresta da Comunhão se baseia em uma história de cuidado com a criação, especialmente com o cultivo de árvores, dentro da Comunhão Anglicana ao redor do mundo.
Objetivo
A Floresta da Comunhão irá aumentar significativamente o plantio de árvores e a proteção das paisagens pelas pessoas anglicanas em todo o mundo e intensificará o cuidado com a criação dentro da vida da Igreja.
Informações relevantes
A Floresta da Comunhão é um ato global de esperança, que envolve uma ampla gama de atividades de cuidado com a criação. Juntas/os, esses projetos formarão uma “floresta” virtual global. Com o tempo, se tornarão visíveis por meio da partilha de iniciativas neste site. As atividades de reflorestamento serão determinadas no nível local (pelas províncias, dioceses e paróquias locais), de forma que sejam contextualizadas em termos geográficos, culturais e ambientais. Portanto, a “floresta” será muito diferente em diferentes partes da Comunhão. As expressões locais podem se referir às árvores, mas podem igualmente se relacionar a pastagens, mangues ou habitats costeiros.

Get your Communion Forest Resource Pack

Find inspiration and resources  for your Comunion Forest Initiative